Anuncie neste site

Quem socorre feridos no trânsito de Guaraí?


Foto: Arquivo/Guaraí Notícias -  "É difícil olhar para uma das maiores cidades do Tocantins e não ver solução para um problema que é cotidiano."
Foto: Arquivo/Guaraí Notícias - "É difícil olhar para uma das maiores cidades do Tocantins e não ver solução para um problema que é cotidiano."

Publicado em 17/07/2019 20:33 - Categoria: Opnião
Atualizado em 04/08/2020 20:25 - Escrito por: Marcelo Gris

Por Marcelo Gris.

 

Resido desde 2002 em Guaraí e, portanto, neste ano de 2019, completo 17 anos como guaraiense de coração. Me considero um verdadeiro apaixonado por esta terra, mas confesso que até hoje não entendo como uma cidade cortada ao meio por uma das mais importantes rodovias federais do país (BR-153) não possui equipe especializada no atendimento de feridos em acidentes de trânsito.

 

É uma pergunta que destaco como título deste artigo – Quem socorre feridos no trânsito de Guaraí? – A indagação se justifica pelo grande número de ocorrências que presenciei em todos estes anos como responsável por um veículo de notícias. Na maioria dos casos, quem socorre são populares, familiares das vítimas e policiais, a maioria destas pessoas sem qualquer preparo técnico.

 

Mas Guaraí não tem um hospital regional? Não seria este o local adequado para se uma equipe de socorro a acidentados no trânsito? E a prefeitura? Não há possibilidade de o município criar esta equipe? E o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)? Os Bombeiros Civis ou Militares? Será que não há ninguém que tenha capacidade de organizar uma equipe especializada?

 

São tantas perguntas, mas confesso que nestes 17 anos de Guaraí não consigo entender como elas ainda continuam sem resposta. É difícil olhar para uma das maiores cidades do Tocantins e não ver solução para um problema que é cotidiano. É certo que acidentes podem e devem ser evitados, mas mesmo assim eles vão acontecer e pessoas vão se ferir ou até mesmo perder suas vidas.

 

Mais do que reclamar, desejo que este texto sirva de instrumento motivador para que todas as pessoas se unam com o objetivo de instituir uma equipe especializada no socorro a feridos em acidentes de trânsito. Temos cabeças inteligentes e podemos buscar recursos, mas não é admissível que continuemos recolhendo cidadãos de qualquer jeito. Que tal, vamos mudar esta realidade?

 

----------------------------------

 

Marcelo Gris é Administrador, Jornalista e especialista em Gestão Pública, fundador da plataforma Guaraí Notícias, que reúne um site com conteúdo local, redes sociais, App de celular, além de programa de rádio diário.

Compartilhe: