Anuncie neste site

Projeto desenvolvido por funcionário público oferece dia especial para mãe de 7 filhos em Guaraí


Foto: Divulgação - A escolhida para esta primeira edição foi a senhora Maria Aparecida Barros Tavares, de 37 anos, moradora do Setor Jardim Irani. Ela tem 7 filhos, um deles internado há quase seis meses em um leito hospitalar.
Foto: Divulgação - A escolhida para esta primeira edição foi a senhora Maria Aparecida Barros Tavares, de 37 anos, moradora do Setor Jardim Irani. Ela tem 7 filhos, um deles internado há quase seis meses em um leito hospitalar.

Publicado em 13/05/2019 11:24 - Categoria: Notícia

O funcionário público federal Houffler Belmiro Souto de Albuquerque, de 41 anos, decidiu adotar uma mãe por um dia em Guaraí. Ele desenvolveu um projeto social que pretende oferecer anualmente um dia especial para mães de baixa renda da cidade. A primeira escolhida foi uma moradora do Jardim Irani, mãe de 7 filhos, personagem de uma história de vida repleta de muitas lutas e dificuldades.

 

“Minha mãe faleceu em 2012, e desde então vinha alimentando a ideia de colocar em prática este projeto social. Meus pais sempre foram envolvidos com a questão de ajudas o próximo e isso também serviu de inspiração. A partir deste ano resolvi então presentear uma mãe carente de Guaraí. A ideia é bastante simples, ou seja, oferecer a escolhida e sua família um dia especial”, explica.

 

Foto: Divulgação

Houffler, idealizador da iniciativa e sua “Mãe por um dia”, Maria Aparecida.

 

Houffler conta ainda que para chegar até o nome da escolhida foi preciso realizar uma seleção. “Montei uma ficha e visitei algumas mães que poderiam se enquadrar no perfil. Colhemos várias informações, incluindo idade, renda, bens que possui em casa, quantidade filhos, entre outros dados. Tentei escolher aquela que realmente precisava, mas foi uma decisão muito difícil”, afirmou.

 

A mãe escolhida para esta primeira edição do projeto foi Maria Aparecida Barros Tavares, de 37 anos. Além de possuir 7 filhos com idades entre 8 e 21 anos e estar desempregada, a selecionada vive o drama de ter um dos filhos internado há quase 6 meses em um leito hospitalar. A história do rapaz foi pauta de uma reportagem do Guaraí Notícias divulgada no último dia 22 abril.

 

Foto: Divulgação

Projeto “Minha mãe por um dia” presenteou escolhida e familiares com um almoço especial.

 

Além do almoço realizado em sua própria casa, totalmente custeado pelo idealizador da iniciativa, juntamente com outros parceiros, Maria Aparecida, que é mais conhecida como Cida, também foi presenteada com uma compra de alimentos em supermecados da cidade e recebeu ainda doações de roupas. A ideia de Houffler é que no próximo Dia das Mães outra moradora carente da cidade seja escolhida.

 

Compartilhe: