Foto: Ilustração/Internet - Segundo apontam as investigações, o homem condenado armazenava e compartilhava pornografia infantil com um número indeterminado pela internet.

Preso por compartilhar pornografia infantil a partir de Guaraí é condenado pela Justiça Federal

25/02/2021 17:32 - Marcelo Gris

Um homem, que não teve sua identidade revelada, preso em Guaraí pela Polícia Federal (PF) no ano de 2018, acabou sendo condenado pela Justiça Federal do Tocantins, após ter sido flagrado compartilhando pornografia infantil através da internet. A informação foi confirmada pelo Ministério Público Federal (MPF).

 

Segundo apontam as investigações, o indivíduo fazia uso de aplicativos de compartilhamento para divulgar e transmitir pornografia infantojuvenil a um número indeterminado de usuários na rede mundial de computadores (internet). Pelo crime, o homem acabou sendo condenado há 3 anos e 10 dias de prisão.

 

Ainda conforme apontam as investigações, exames periciais teriam comprovado que o condenado armazenava os conteúdos no próprio computador pessoal. Na época, a PF identificou a existência de um programa do tipo peer-to-peer (P2P), que permitia a exposição automática do material a outros usuários vinculados.

 

Deixe seu comentário:

Notícias Relacionadas