Foto: Divulgação/Polícia Civil do Tocantins - Foram 9 presos em Araguaína, três em Palmas, um em Guaraí e um em São Luís (MA). Um mandado de prisão ainda não foi cumprido.

Operação da Polícia Civil cumpre 15 mandados de prisão nas cidades de Araguaína, Palmas e Guaraí

14/01/2021 10:20 - Marcelo Gris

Mais de 100 policiais civis foram as ruas das cidades de Araguaína, Palmas e Guaraí na manhã desta quinta-feira (14/01), com o objetivo de cumprir 15 mandados de prisão, além de 32 de busca e apreensão, contra um grupo faccionado suspeito da prática de crimes diversos, incluindo extermínio de rivais.

 

A operação, intitulada “Guerra do Peloponeso” é resultado de quase um ano de investigações, realizadas pela 1ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC) de Palmas. Foram 9 presos em Araguaína, três em Palmas, um em Guaraí e um em São Luís (MA). Um mandado de prisão ainda não foi cumprido.

 

“A ação ocorreu conforme o planejado e conseguimos efetuar as capturas. Para se ter uma ideia do perfil dos indivíduos, apenas um deles é suspeito de integrar um grupo de extermínio, que atua em São Luís, responsável por cometer 12 homicídios naquela cidade”, enfatizou o delegado Dr. Eduardo de Menezes.

 

Batizada de “Guerra do Peloponeso”, a operação faz alusão à disputa entre Esparta e Atenas (431 e 404 a.C.). Durante 27 anos de batalhas, Esparta, que se saiu vitoriosa, conseguiu eliminar a maioria de seus oponentes, situação similar a pretendida pela organização identificada pela Polícia Civil do Tocantins.

Deixe seu comentário:

Notícias Relacionadas