Anuncie neste site

Devota de São Lázaro oferece “banquete” especial para os cachorros em Guaraí


Foto: Guaraí Notícias - Como manda a tradição, banquete é servido para os convidados, que comem junto com os cães.

Publicado em 11/02/2018 19:22 - Categoria: Notícia

Neste domingo (11/02), católicos de vários cantos do planeta celebram o Dia de São Lázaro, padroeiro dos enfermos e dos cachorros. Em Guaraí, um grupo de fieis, que mantém viva a tradição de agradecer as bênçãos recebidas por meio do protetor, oferece um verdadeiro banquete aos cães, que se servem em pratos, juntamente com os demais convidados para a celebração.

 

Muitos confundem São Lázaro com o homem ressuscitado por Jesus Cristo, que também é reconhecido como santo pela Igreja Católica, porém o Lázaro homenageado é na verdade personagem de uma parábola, que conta a história de um mendigo leproso muito caridoso, dedicado a cuidar de enfermos e que tinha suas feridas lambidas pelos cães, a quem ele também protegia.

 

O texto que relata a parábola de “Lázaro e o rico”, contada pelo próprio Cristo, está na Bíblia, mais precisamente no livro de São Lucas, capitulo 16, versículos de 19 a 31. O costume relacionado a este santo, de oferecer um banquete aos cães, é comum em alguns estados do Norte e do Nordeste do país, principalmente quando alguém que se apegue ao protetor alcança alguma graça.

 

A convite de uma devota, o Guaraí Notícias acompanhou de perto a celebração. De acordo com a aposentada Maria José Lopes da Silva, de 54 anos, a reza acontece na sua casa há 26 anos. Ela conta que sofreu um acidente doméstico grave e quase morreu. Ainda no hospital, Maria José disse ter visto Deus, que a orientou sobre a necessidade de se apegar ao santo e homenageá-lo.

 

Foto: Guaraí Notícias

São Lázaro, personagem de uma parábola bíblica, é o protetor dos cães.

 

Foto: Guaraí Notícias

Maria José organiza celebração há 26 anos, para agradecer cura que recebeu.

 

“Estava em uma cama de hospital, quando vi um homem vestido de branco que me disse: Maria José, em primeiro lugar, se apegue a mim que sou Deus e quando sair daqui faça uma reza em homenagem a São Lazaro. O homem pediu que fizesse isso uma vez por ano. Depois deste episódio, alcancei a cura e sempre que posso faço esta celebração”, explicou a devota.

 

Para homenagear o santo e manter firme a promessa, Maria José convida familiares, amigos, vizinhos e recebe visitantes de todos os cantos da cidade. Com as doações que recebe, a aposentada prepara um delicioso almoço, servido tanto para os cachorros, assim como para os convidados. Alguns chegam a comer com os animais no chão, dividindo o mesmo prato.

 

“Deus vem sempre em primeiro lugar, é Ele que nos dá tudo que temos. São Lázaro, que sofreu tanto em sua vida, dava as migalhas que recebia aos enfermos e tinha suas feridas lambidas pelos cães, que ele também protegia. Ele representa o que Deus quer de nós. Que sejamos sempre humildes e bondosos, mesmo com o pouco que temos a oferecer”, salienta a devota.

 

Foto: Guaraí Notícias

Além dos cães, a tradição prega que o santo também protege os enfermos.

 

Confira um vídeo que mostra os principais momentos da celebração:

 

Compartilhe: