Anuncie neste site

Considerada uma das primeiras parteiras da história de Guaraí, “Dona Iaiá” falece aos 110 anos


Foto: Arquivo Familiar - Natural de Alto Parnaíba-MA, “Dona Iaiá” não sabia ao certo quantos partos realizou durante a vida, mas estimava em mais de 200. Ela faleceu perto de completar 111 anos.
Foto: Arquivo Familiar - Natural de Alto Parnaíba-MA, “Dona Iaiá” não sabia ao certo quantos partos realizou durante a vida, mas estimava em mais de 200. Ela faleceu perto de completar 111 anos.

Publicado em 12/04/2019 09:50 - Categoria: Notícias
Atualizado em 06/07/2020 15:53 - Escrito por: Marcelo Gris

A senhora Antônia Ferreira de Sousa, mais conhecida como “Dona Iaiá”, faleceu em Guaraí na manhã desta sexta-feira (12/04). Considerada uma das primeiras parteiras da história do município, quando ele ainda era distrito de Tupirama, a idosa, nascida em 1908, completaria 111 anos no próximo dia 17 de outubro.

 

Natural da cidade de Alto Parnaíba-MA, “Dona Iaiá” não sabia ao certo quantos partos realizou durante a vida, mas estimava em mais de 200. Nos últimos dois anos, apesar da idade, matinha sempre uma lucidez impressionante e dificilmente apresentava problemas de saúde, um exemplo de longevidade.

 

De acordo com familiares, o velório do corpo da idosa será realizado na residência em que ela viveu nos últimos anos, situada na Rua 11 de Abril, próximo ao terminal rodoviário de Guaraí. O sepultamento está marcado para acontecer no cemitério local, possivelmente na manhã deste sábado (13/04).

 

Além de Dona Iaiá, Guaraí possui outros vários exemplos de pessoas que conseguiram romper a barreira dos 100 anos vida. É o caso da senhora Silvéria Maria da Conceição, que no próximo dia 06 de junho completa 111 anos. A idosa vive com uma das cinco filhas na Avenida Joaquim Guará (centro da cidade).

 

Em se tratando de idade, o maior exemplo de longevidade já registrado oficialmente em todo o mundo é o da francesa Jeanne-Louise Calment. Nascida em 21 de fevereiro de 1875 a idosa faleceu no dia 04 de agosto de 1997, com 122 anos 6 meses, marca até hoje insuperável, seja por homens ou mulheres.

Compartilhe: