Foto: Divulgação/Arquivo Familiar - Raimunda vive no município de Uruará (PA) e viajou mais de 1.000 quilômetros para abraçar a irmã Creuza em Guaraí (TO). 40 anos de separação.

Após 40 anos de separação, irmãs biológicas se reencontram com a ajuda de familiares em Guaraí

12/01/2021 14:10 - Marcelo Gris

Creuza Pereira Carneiro, que completou 69 anos de vida no último sábado (09/01), não poderia esperar um presente melhor para comemorar a data de mais uma primavera. Foi exatamente neste dia em que ela reencontrou a irmã Raimunda Pereira da Silva, de 66 anos; ambas estavam separadas há 40 anos.

 

O reencontro foi possível graças ao esforço dos familiares de Creuza, em especial o filho Telmo e a sobrinha Ozila. Raimunda vive no município de Uruará, situado nas proximidades de Altamira, região central do Estado do Pará. Ela viajou mais de 1.000 quilômetros para finalmente poder abraçar a irmã.

 

Vale destacar que Ozila é filha de Raimunda e também não via a prórpia mãe há mais de 35 anos. Sendo assim, além do reencontro entre as duas irmãs, houve ainda o reencontro de mãe e filha, um momento tão especial que nem mesmo a pandemia Covid-19 pode evitar e que a família fez questão de compartilhar.

 

Foto: Divulgação/Arquivo Familiar

Abraço das irmãs que não se viam há 40 anos; reeencontro aconteceu em Guaraí.

Deixe seu comentário:

Notícias Relacionadas