Foto: Divulgação/Sideral Minérios - O minério de ferro encontrado na região, que compreende os municípios de Colméia, Goianorte e Guaraí possui teor acima de 62%, bem acima dos padrões aproveitados pela indústria da siderurgia (45%).

Abrangendo Guaraí, exploração da maior mina de ferro do Tocantins deve iniciar ainda em 2020

10/07/2020 22:14 - Marcelo Gris

A empresa Sideral Minérios, que em outubro do ano passado teve um vídeo vazado pelas redes sociais, mostrando um ambicioso e até então inédito plano de investimentos no ramo de mineração em Guaraí e região, anunciou recentemente que pretende iniciar a exploração da maior mina de ferro do Tocantins, com mais de 40 mil hectares de área, ainda neste ano de 2020.

 

Segundo o empresário Rafael Braga, responsável pelo empreendimento, as atividades devem ser iniciadas em setembro pelos municípios de Colméia e Goianorte, onde está prevista a implantação da 1ª fase do projeto. Além de ferro, com teor acima de 62%, a região possui grandes reservas de manganês, cobre, enxofre e cromita, mineral utilizado na fabricação de cromo, vidro e cimento.

 

 

Dados da Agência Nacional de Mineração (ANM) mostram que além da Sideral Minérios, outras empresas vêm pesquisando o potencial mineral da região desde 2016. Durante este período foram solicitadas diversas autorizações de pesquisa, algumas consideradas viáveis e outros nem tanto, inclusive sobre a possível existência de minas de ouro, alvo da cobiça de muitos garimpeiros no passado.

 

Conforme prevê o plano de exploração da Sideral Minérios, após 12 meses abastecendo o mercado interno e externo, será construído um alto-forno para fundição em Guaraí. O plano de exploração também prevê que todo o processo de extração e beneficiamento seja feito à seco, dispensando o uso de barragens, o que reduz drasticamente os impactos ambientais e os riscos à população.

 

Mais informações no site sideralminerios.com.br

Deixe seu comentário:

Notícias Relacionadas